Ladeira de São Bento cerca de 1850

Gravura do artista inglês Henry Melville (1799-1873) com base em desenho do engenheiro britânico Samuel Charles Brees (1810-1865). Em primeiro plano, religiosos na passagem do Santíssimo.

Embaixo, o antigo Largo do Theatro. Note que existe uma edificação, que parece ser uma fonte, no local onde seria instalado o Chafariz de Colombo, em 1855, e o Monumento a Castro Alves, em 1923.

O Hotel d'Univers está à esquerda. Este teria sido o hotel em que Darwin hospedou-se, em 1832, quando esteve em Salvador.

O Forte do Mar está ao fundo e centro da ilustração.

Samuel Brees foi autor de importantes publicações em engenharia civil. Trabalhou na Nova Zelândia, nos anos 1840, e fez vários mapas e desenhos de paisagens daquele país. A autoria deste desenho foi dada no Álbum-Lembrança da Exposição Iconográfica e Bibliográfica Bahiana (Prefeitura de Salvador, 1951) como "desenho de S.C. Brees G.E - cerca de 1850." Infelizmente sua vinda ao Brasil não é bem conhecida, mas Brees fez uma exposição na Europa de panoramas coloniais, que incluiu o Brasil.

 

Ladeira de São Bento seculo 19

 

Ladeira de São Bento antiga►

 

Copyright © Guia Geográfico - Salvador no século 19

Centro antigo da capital da Bahia

 

Salvador Antiga

 

 

Salvador Antiga